terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Sucesso marcou mais uma vez o Projeto Campo Mourão Cidade Natal


Mesmo com todas as restrições e outras dificuldades decorrentes da pandemia do novo coronavirus, o Projeto Campo Mourão Cidade Natal 2020 superou as metas propostas e movimentou a cidade no fim do ano passado, promovendo a divulgação do Município em âmbito regional, estadual e nacional. As transmissões dos eventos pelas redes sociais tiveram registros também de acessos por pessoas que se encontravam em diversos outros países.

Números referentes à quarta edição do projeto foram apresentados pela Associação Sou Arte (ASA), entidade executora da ação, durante a prestação de contas online realizada na manhã desta terça-feira (23). O relatório aponta que através das diversas atrações da programação desenvolvida no fim do ano passado foram realizados aproximadamente 138.667 atendimentos. O desenvolvimento das diversas etapas do projeto mobilizou 117 equipes na execução de serviços variados, envolvendo – em média – 243 pessoas. 

As limitações impostas pela pandemia tornaram necessária a priorização de eventos online, como foi o caso da apresentação do tradicional espetáculo de abertura e da Mostra Cultural. Não foi possível a realização do espetáculo na praça central de Campo Mourão, que nos três anos anteriores reuniu milhares de pessoas. Porém, a transmissão pelas redes sociais foi acompanhada não apenas por um grande número de moradores da cidade, mas também possibilitou que milhares de pessoas assistissem a apresentação de outras cidades. O mesmo aconteceu nos cinco dias da Mostra Cultural.

A impossibilidade da realização do cortejo natalino na Avenida Irmãos Pereira, para se evitar a concentração de milhares de pessoas, levou a realização do Cortejo Natalino sobre Rodas. Com a mudança, o cortejo foi estendido a cerca de 20 bairros da cidade (inclusive ao distrito de Piquirivaí e a Vila Guarujá).

Sucesso
A prestação de contas do Projeto Campo Mourão Cidade Natal/2020 foi apresentada pela Coordenadora Executiva da Associação Sou Arte, Edilaine Maria de Castro, que discorreu sobre as mudanças introduzidas em 2020 e os desafios enfrentados. Também falou sobre os resultados alcançados e agradeceu o apoio das empresas que patrocinaram o projeto através da Lei Nacional de Incentivo a Cultura e aquelas que participaram como parceiras, como de todas as demais instituições que apoiaram o projeto.

No ano passado, o projeto foi patrocinado pela Coamo Agroindustrial Cooperativa, Fertipar Fertilizantes, Copel, Paraná Supermercados, Unimed Campo Mourão, A.J. Rorato, Colacril e Grupo Integrado. O projeto teve ainda o apoio da prefeitura de Campo Mourão, da Associação Comercial e Industrial (Acicam) e do Sindicato Empresarial do Comércio (Sindicam). (Da Redação)


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário