quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Escolas Municipais retornam ano letivo com atendimento remoto


As 22 escolas municipais de Campo Mourão retornaram nesta quarta-feira (10) o ano letivo com o atendimento remoto aos alunos. Uma realidade diferente já vista desde o ano anterior, após o início da pandemia do coronavírus, onde as unidades de ensino precisaram se adequar para chegar aos alunos e às suas famílias sem o formato presencial. Hoje a rede municipal de ensino conta com um número de 10.021 alunos, entre as escolas e os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs).


Na Escola Municipal Bento Mossurunga, do Jardim Copacabana, desde o início da manhã, a diretora Jaqueline Setsuyo Tabuchi, já recebia os pais dos alunos e familiares para a entrega das atividades a serem realizadas a distância, bem como prestava o suporte para que os professores pudessem enviar as atividades online. “É uma situação que já estamos vivendo praticamente deste março do ano passado, quando se iniciou a pandemia. Sentimos falta do agito das crianças, dos alunos, da presença deles, porém, sabemos que o momento exige cuidados, e em comum acordo com as famílias, entendemos que é importante este trabalho remoto, pelo menos neste princípio, até que se acalme a pandemia”, explicou a diretora, que está trabalhando paramentada, com toda a proteção, medindo também a temperatura dos pais que adentram a escola e promovendo a higienização necessária. “Este entendimento das famílias, dos pais, perante este novo formato de ensino, sem dúvida alguma é importante para nós”, completa.

A professora Leila Soler, do terceiro ano da parte da manhã, que leciona nas disciplinas de língua portuguesa, matemática e artes, classifica o momento inicial das aulas em 2021 como desafiador. “É uma situação que já estamos vivendo desde o início do ano passado, mas vejo que este contato com os alunos, mesmo a distância, pode ser também importante, mesmo de forma não presencial, mas vejo que a maioria dos pais estão entendendo e contribuindo conosco neste sentido”, ressalta. 

Na área rural, uma das três escolas é a Escola Municipal do Campo Caetano Munhoz da Rocha, na Comunidade Rural Alto Alegre, onde a diretora Bruna Oliveira Zavarisi também trabalha de forma organizada e constante neste início do ano para repassar as atividades aos alunos. “A maioria deles mora na área rural, em sítios, chácaras e fazendas, mas mesmo com as dificuldades, estamos conseguindo manter este contato e trabalhando para que estas informações sejam repassadas, dentro da possibilidade”, relata.

A secretária da Educação do Município, Tania Caetano também destacou a importância da presença da sua equipe, no trabalho do planejamento anterior, dia após dia, no princípio antes do ano letivo, para que tudo possa acontecer da melhor forma já neste início. “Nossos profissionais da educação estão preparados para o trabalho remoto neste começo, como terminamos no ano passado, junto aos alunos e as famílias, e tenho certeza que tudo funcionará da melhor forma possível”, conclui. (Da Redação)


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário