quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Comércio de Campo Mourão preparado para a retomada do horário normal

Em pelo menos 17 municípios abrangidos pela Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais da Região Centro Ocidental do Paraná (Cacercopar), polarizada por Campo Mourão, os estabelecimentos comerciais já voltaram a funcionar em horário normal. Também em inúmeras cidades do mesmo porte ou maiores que Campo Mourão – como Cianorte, Umuarama, Cascavel, Paranavaí e Toledo – já foi retomada a abertura do comércio em horário normal.

A expectativa dos comerciantes mourãoenses e das lideranças empresariais locais é de que a Prefeitura autorize nos próximos dias o atendimento dos consumidores pelo comércio no horário normal, estabelecido na Convenção Coletiva de Trabalho. Gestões para a volta do funcionamento do comércio em horário normal têm sido desenvolvidas pela Associação Comercial e Industrial (Acicam), junto ao governo municipal.

O presidente da entidade, Ben-Hur Berbet, ressalta que as empresas têm adotado todas as medidas preventivas recomendadas pelos órgãos de saúde no combate a pandemia de Covid-19.  Como exemplo, ele aponta que a disponibilização de álcool na entrada dos estabelecimentos já faz parte do cotidiano do comércio de Campo Mourão, assim como a exigência do uso de máscara. Outro ponto apontado pelo líder empresarial é o cuidado no sentido de se evitar aglomerações.

Ben-Hur Berbet é enfático ao afirmar que o comércio não pode ser responsabilizado pelo surgimento de casos da doença em Campo Mourão. Aliás, ele acentua que o horário reduzido de atendimento aos consumidores contribui para aglomerações, já que o consumidor tem menos tempo para fazer suas compras. “A utilização de máscara e a higienização pessoal e dos ambientes, aliada a recomendação que se evite aglomerações, se mostra tão ou mais eficaz que outras medidas adotadas, como o fechamento ou mesmo a redução do horário de funcionamento do comércio”, destaca Ben-Hur Berbet.

REFLEXOS

Enfatiza o presidente da Acicam que o fechamento ou o funcionamento de horário de reduzido do comércio de Campo Mourão, a exemplo do que aconteceu em boa parte do país, acarretou prejuízos irreversíveis. Não apenas aos empresários, mas também aos trabalhadores, com elevado número de demissões, reduções salariais e suspensão de contratos de trabalho.

Desde o início da pandemia, a Acicam tem atuado junto as empresas associadas para que adotem todas as medidas preventivas indicadas pelos órgãos de saúde. Também disponibilizou kit gratuito com álcool 70 graus e máscaras de proteção para seus cerca de 1.200 associados. (Da Redação)


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário