segunda-feira, 6 de julho de 2020

Câmara retornou aos trabalhos internos de forma presencial, após resultados negativos da Covid-19



Dirceu Portugal 
Da Assessoria Câmara
 
A Mesa Diretora da Câmara de Campo Mourão, composta pelos vereadores, Sidney Ronaldo Ribeiro (Tucano), Cabo Cruz, Edson Battilani e pelo presidente, Olivino Custódio, decidiu em reunião, nesta segunda-feira (6), pelo retorno do expediente interno presencial. O atendimento ao público continua sendo realizado, por prazo indeterminado, exclusivamente pelo telefone 3518-5050 e pelo e-mail contato@campomourao.pr.leg.br.

Os trabalhos estavam sendo realizados em sistema home office desde a segunda-feira (22), após uma assessora testar positivo para o novo coronavírus. Neste período, técnicos de uma empresa terceirizada realizaram o processo de desinfecção com o Combacter 800 em todo o prédio do Legislativo. O desinfetante à base de amônia quaternária foi aplicado no plenário, nas salas de reuniões, gabinetes dos vereadores, corredores, garagem e nos acessos internos e externos do prédio.

De forma preventiva, os servidores, funcionários terceirizados e os vereadores realizaram o teste de anticorpo, feito com o sangue de uma “furadinha” na ponta do dedo da mão direita, para detectar a Covid-19. Todos testaram negativo.

“O expediente, das 7h30 às 13 horas, irá ocorrer somente de forma interna, respeitando todas as orientações das secretarias municipal, estadual e da Organização Mundial da Saúde (OMS). Vamos continuar com o uso de máscaras e do álcool gel. Os funcionários do grupo de risco irão permanecer com o trabalho no sistema home office”, argumentaram os membros da Mesa Diretora da Câmara.

Segundo eles, as sessões ordinárias da Câmara irão continuar no sistema de vídeo conferência. “O trabalho dos vereadores, assim como dos funcionários, não parou mesmo neste período. As sessões devem continuar por vídeo conferência para evitar a aglomeração de pessoas”.

Os membros da Mesa, reiteraram ainda que todos os vereadores seguem a disposição da população, assim como os trabalhos tem sequência para que não haja atrasos nas discussões e aprovações de projetos.

“Os outros setores estão trabalhando, não podemos parar. Todas as medidas e orientações de órgãos da Saúde foram tomadas para dar segurança aos servidores, vereadores e terceirizados. Cada funcionário tem o seu espaço e não há aglomerações”, comentaram os membros da Mesa, vereadores, Sidney Ronaldo Ribeiro (Tucano), Cabo Cruz, Edson Battilani e o presidente, Olivino Custódio.


Foto: Dirceu Portugal (arquivo anterior à pandemia).

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário