sábado, 9 de maio de 2020

Saúde capacita profissionais que atuam em UTI da Covid-19

AENotícias
Curitiba

O segundo dia de treinamento para os profissionais que atuam em Unidades de Terapia Intensiva destinadas ao tratamento da Covid-19 aconteceu nesta sexta-feira (8), na região de Campo Mourão. A atividade começou na quinta-feira (7), com a participação de médicos, enfermeiros e fisioterapeutas do Hospital Santa Casa de Campo Mourão; nesta sexta participaram os profissionais do Sisnor (Sistema Integrado de Saúde do Norte do Paraná).

Ao todo, 22 especialistas recebem as informações sobre o atendimento ao paciente internado com a Covid-19, em ala de UTI.

O curso é uma parceria entre a Secretaria de Estado da Saúde e Sociedade de Terapia Intensiva do Paraná (Sotipa), Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Paraná (Crefito) e do Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR).

“É uma oportunidade para que o profissional aprimore as técnicas e tire suas dúvidas; a infecção pelo novo coronavírus é uma situação nova para todos, mesmo para nós médicos e profissionais da área”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto, ao lembrar que sente a necessidade de ofertar a oportunidade de um treinamento específico para os intensivistas, que estão diretamente envolvidos com o atendimento de casos mais graves da doença.

Os profissionais que atuam no Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá, já foram capacitados no último final de semana e, nos próximos dias, o conteúdo será  apresentado nos municípios de  Santo Antônio da Platina e Francisco Beltrão.

TREINAMENTO 
A programação prevê conteúdo teórico e prático. Segundo o presidente da Sociedade de Terapia Intensiva do Paraná, Rafael Deucher, trata-se de um treinamento multidisciplinar direcionado a quem está trabalhando exclusivamente com pacientes com Covid-19 internados em UTI. 

Na programação, explica o médico, estão temas que fazem parte do dia a dia de uma UTI que trata da infecção, como manejo de via aérea, sedação rápida, manejo hemodinâmico com volume e droga vaso-ativa, ventilação mecânica e do uso correto de equipamentos de proteção individual.

PARTICIPAÇÃO 
O médico Denis Aranha, da UTI da Santa Casa de Campo Mourão, participou da atividade e disse que o momento é fundamental para sedimentação do conhecimento. “São protocolos do nosso dia a dia, mas sempre é importante reforçarmos as informações para uma atuação segura com equipe multiprofissional da UTI. A atividade veio para somar e esperamos contribuir para tratar e salvar mais pessoas”, afirmou.

O enfermeiro Kesller Koetzler, que participa do curso como facilitador pelo Coren, disse que a ação é relevante para o profissional.  “É um privilégio participar de uma atividade como esta, que ressalta a importância de estarmos atualizados na profissão”, afirmou.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário