quinta-feira, 14 de maio de 2020

Campo Mourão passa de 1.000 casos de dengue de agosto até agora

Da Redação

Do mês de agosto de 2019 até a semana passada Campo Mourão registrou 1.004 casos positivos de dengue, dos quais 8 importados. Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde com base no levantamento da 19ª Semana Epidemiológica. Atualmente há 112 casos suspeitos aguardando resultado. Em razão do número de casos o Município está em estado de calamidade pública.
 
Com 95 casos positivos, a Vila Guarujá é o bairro com o maior número de registros, seguida do Jardim Modelo (69) e Vila Cândida (59). “O trabalho de campo é permanente, com visita dos agentes, vistorias, atendimento de denúncias e notificações, além do fumacê que realizamos nos bairros mais afetados. Mas se não houver a colaboração da população todo esse esforço não surtirá efeito”, observa o chefe do Departamento de Vigilância em Saúde, Carlos Bezerra.
 
Ele lembra que o número de casos pode ser ainda maior considerando os suspeitos cujos resultados ainda não chegaram. Por conta da pandemia de coronavírus, o trabalho dos agentes de endemias segue todos os cuidados preventivos para evitar a contaminação. Além de usar máscaras, eles não estão assinando as fichas de controle para não entrar nas residências. 

“Mesmo com o grande número de casos a gente constata, especialmente nas saídas da cidade e fundos de vale, o descarte irregular de todo tipo de resíduos, como móveis e até eletrônicos, materiais que acumulam água e se tornam criadouros do mosquito”, comenta Bezerra, ao lembrar que esse tipo de descarte é crime, que além de multa pode gerar processo judicial.

                              Gentileza:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário