terça-feira, 2 de julho de 2019

Guerreiro do Comércio: Carlos Tagliari recebe troféu da Fecomércio na próxima semana

Da Redação

O Troféu Guerreiro do Comércio do Paraná, uma das principais honrarias concedidas pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo/Sistema Fecomércio Sesc Senac, será entregue no próximo dia 12, em Curitiba, ao mourãoense Carlos Álvaro Tagliari, proprietário da Casa Tapi – Materiais Esportivos e Uniformes. A cerimônia vai acontecer nos salões da Expo Unimed.

Será a 14ª edição do Prêmio Guerreiro do Comércio do Paraná e o evento tradicionalmente reúne em torno de 1.000 pessoas, entre homenageados, autoridades estaduais e federais, lideranças empresariais paranaenses e nacionais, dirigentes de instituições de apoio ao comércio e outros convidados. Carlos Tagliari – que durante décadas destacou-se em âmbito estadual como atleta de futsal da Associação Tagliari e que há 45 anos está à frente da mais antiga loja de material esportivo da cidade – foi o escolhido pelo Sindicato Empresarial do Comércio Varejista de Campo Mourão e Região (Sindicam) para receber a homenagem, representando os comerciantes dos 24 municípios que compõem a base territorial da entidade.

Na cerimônia serão homenageados 63 empresários paranaenses de destaque apontados pelos sindicatos filiados a Fecomércio Paraná. Na solenidade também será realizada a entrega da comenda “Ordem do Mérito do Comércio do Paraná” a personalidades. O evento faz parte das comemorações alusivas ao transcurso do Dia do Comerciante e Carlos Tagliari subirá ao palco para receber a honraria acompanhado do presidente do Sindicam, Nelson Bizoto.

Os homenageados recebem um troféu em bronze, confeccionado pelo artista plástico Luiz Gagliastri. A obra representa uma figura humana estilizada, com pés alados, fazendo alusão ao deus do Comércio, Mercúrio, que segura uma lança com uma pedra de cristal de rocha.

Com o prêmio, a Fecomércio/PR pretende destacar os empreendedores que geraram oportunidades de trabalho e ajudaram a impulsionar e desenvolver o Paraná e o país. As histórias profissionais e pessoais passam por homens e mulheres inovadores e criativos ao empreender e por novos e antigos negócios que vencem desafios diários e crises para manutenção de empregos.

A Fecomércio estabelece quesitos para nortear os sindicatos na definição dos homenageados. Projeção do nome da empresa à qual está ligado e reconhecimento pela comunidade, repercussão positiva da empresa e ações inovadoras realizadas no ano anterior são alguns dos critérios.  


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário