quarta-feira, 2 de maio de 2018

Albergue registrou 2.038 atendimentos ano passado

Da Redação

O Albergue Municipal (antiga Casa de Passagem São José) registrou 2.038 acolhimentos em 2017, sendo a maioria entre os meses de abril e agosto, período de temperaturas mais baixas. Foram 1.741 homens, 255 mulheres e 36 crianças. “Vale registrar que as crianças estavam acompanhadas dos responsáveis, pois o local não abriga crianças sozinhas”, explica Silvia Andreia Rocha, diretora da Secretaria Municipal de Ação Social.

A entidade é mantida pela administração municipal, via Secretaria de Ação Social e também com doações da comunidade, como alimentos e roupas.  No ano passado o investimento do município para manutenção foi de R$ 80 mil/mês. Neste ano, até 30 de março, já foram atendidas 641 pessoas (554 homens, 75 mulheres e 12 crianças).

A Casa oferece até três pernoites a pessoas que estejam de passagem ou mesmo moradores da cidade encontrados na rua. Além de pernoite, o local oferece jantar, café da manhã e banho. No ano passado foram servidas 5.177 refeições. O acolhimento também segue normas, como por exemplo, o horário de entrada (das 19 as 21h30). 

Quem necessita também é assistido por profissionais do Centro de Referência em Assistência Social (CREAS), como quem está de passagem e precisa de ajuda para viajar para outra cidade. “No CREAS será analisado cada caso”, explica Silvia, ao acrescentar que em 2017 foram solicitadas 561 passagens e concedidas 393.


Nenhum comentário:

Postar um comentário