terça-feira, 24 de abril de 2018

Vilhena, em Rondônia, pode implantar Casa das Fraldas

Da Redação

No fim da tarde de segunda-feira (23/4), o juiz da Vara de Execuções Penais da Comarca de Vilhena (Rondônia), o mourãoense Adriano Lima Toldo, visitou a Fundação Casa das Fraldas São José, de Campo Mourão. O magistrado foi recebido pela coordenadora da ação de responsabilidade social, advogada, docente do Centro Universitário Integrado e diretora executiva da Associação Comercial e Industrial (Acicam), Marta Kaiser Leitner.

Filho de tradicional família de Campo Mourão, o Juiz de Direito encontra-se na cidade em visita a familiares e aproveitou para conhecer o trabalho realizado pela Casa das Fraldas. Sua intenção é implantar o projeto genuinamente mourãoense em um dos presídios de Vilhena, como atividade para os apenados que cumprem pena na unidade. Na visita o magistrado adiantou que a unidade prisional dispõe de espaço físico adequado para implantar o projeto de confecção de fraldas e que também existem recursos financeiros para desencadear a ação.

Adriano Toldo conheceu a história da Casa das Fraldas de Campo Mourão e inteirou-se de detalhes relacionados a manutenção da ação, destinação da produção, clientela atendida, entidades parceiras, atuação de voluntários na produção das fraldas, etc. Em seguida acompanhou a produção de fraldas e chegou a ajudar no corte e acabamento de algumas fraldas.

O magistrado adiantou que sua intenção é implantar a ação em Vilhena e a idealizadora da Casa das Fraldas de Campo Mourão, Marta Kaiser Leitner, enviará o projeto. Rondônia deverá ser o segundo estado brasileiro a implantar Casa das Fraldas, inspirado em Campo Mourão. O primeiro foi a Bahia, onde há alguns anos funciona uma Casa das Fraldas na cidade de Luís Eduardo Magalhães.

No Paraná, pelo menos 19 cidades já receberam o apoio e cópia do projeto para a implantação da Casa das Fraldas: Ponta Grossa, Paranavaí, Mandaguari, Foz do Iguaçu, Mamborê, Cianorte, Umuarama, Boa Esperança, Curitiba, Toledo, Goioerê, Guarapuava, Janiópolis, Farol, Maringá, Ubiratã, Marialva, Altamira do Paraná e Ivaiporã. Em Curitiba, estão em funcionamento três Casas das Fraldas.

À frente do projeto estão a Associação Comercial e Industrial (Acicam) e o Centro Universitário Integrado, mas a ação de responsabilidade social tem parceria com clubes de serviços, Poder Judiciário e várias outras empresas e instituições.


Nenhum comentário:

Postar um comentário