quinta-feira, 5 de abril de 2018

O que nos interessa se a atriz Nívea Stelmann colheu jabuticabas no pé?

Antonio José
Da Editoria

A notícia tem quer ser atraente com elementos que prenda o leitor, o título então, tem que chamar atenção, com a parte mais interessante da reportagem ali destacada. A priori é isso que tem que acontecer, já que todo órgão de imprensa convive com a máxima de que o brasileiro não gosta de ler. Infelizmente, tem muitos que trabalham com comunicação e, o que menos fazem em seus escritos, é conseguirem se comunicar de forma clara, objetiva e coesa.

Há, notadamente, o desserviço para com a informação, seja ela sobre política, economia, polícia, ou entretenimento. O mais triste, porém, é que não estamos falando de meios de comunicação pequenos, que talvez, por falta de estrutura ou pessoal, teriam um resultado final com a notícia, deficitário.

“Fernanda de Freitas mostra o corpaço e namora muito em praia do RJ; Noivo de Juju Salimeni chama atenção por veias saltadas na web; Mariah Carey mostra cintura fora de forma em look de barriga à mostra; Filho de Neymar aparece sujo de tinta em brincadeira com amiguinha; Fernanda Pontes brinca com a filha na Lagoa; Gisele Bündchen mostra o filho brincando com o irmão mais velho; Nívea Stelmann colhe jabuticabas no pé: 'De volta às origens'; Carol Portaluppi malha o bumbum: 'Projeto bunda na nuca'; Cauã Reymond é simpático e acena para paparazzo em aeroporto no Rio”.

O parágrafo supracitado e em epígrafe são os títulos de algumas matérias sobre os famosos na página principal da Globo.com, é de deixar qualquer um maluco, com a tamanha falta do que escrever e o grau de desimportância das reportagens. Quando até o padrão Globo de qualidade nos apresenta isso, o que esperar daqueles que não tenham tanto rigor em seus escritos.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário