sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Campo Mourão já planeja novidades para o Natal/2018

Da Redação

A ambientação cenográfica e extensão das atividades para praças localizadas nos jardins Lar Paraná (Asa Oeste) e Tropical (Asa Leste) é apenas uma das muitas inovações propostas no projeto Campo Mourão – Cidade Natal/2018. Colocação de arquibancada para 1 mil pessoas na parada natalina, a ampliação do número de figurantes (de 417 para 540) e dos carros alegóricos (de dois para 10), além de 60 novas peças decorativas), são algumas da outras novidades propostas.

Na manhã de sexta-feira (2/2), a Associação Sou Arte e a Prefeitura de Campo Mourão realizaram evento no mini auditório do Paço Municipal 10 de Outubro para prestar contas do trabalho realizado pelo projeto no Natal passado. Também foi anunciado que o Ministério da Cultura já aprovou – sem ressalvadas - o projeto técnico para a captação de recursos através da Lei Rouanet para o Campo Mourão – Cidade Natal 2018.

O evento reuniu representantes das quatro empresas que patrocinaram o projeto Campo Mourão – Cidade Natal/2017 (Coamo Agroindustrial Cooperativa, Termas Jurema Resort Hotel, Paraná Supermercados e Sanepar), além de autoridades, lideranças da comunidade e a imprensa. Também participaram representantes das entidades que apoiaram a ação, dos colégios estaduais onde foram selecionados alunos para participarem da parada, costureiras que confeccionaram os mais de 400 figurinos, de órgãos de segurança que atuaram durante a programação e de várias empresas que deram suporte as atividades no último Natal em Campo Mourão.

AGRADECIMENTO
Na abertura, o prefeito Tauillo Tezelli agradeceu aos patrocinadores do projeto e a todas as entidades e pessoas que contribuíram para o sucesso alcançado pelo projeto. Lembrou que a intenção foi contribuir para resgate da autoestima dos mourãoenses, fomentar a integração da comunidade e fortalecer Campo Mourão como polo regional. O chefe do executivo recordou que a meta era realizar o maior Natal da história da cidade "e o objetivo foi plenamente alcançado, graças ao apoio recebido. Para 2018, o sonho é maior. O desafio é ainda maior", anunciou.

Edilaine Maria de Castro, da Associação Sou Arte (entidade que elaborou e coordenou o projeto) destacou inicialmente a importância da participação do Ministério da Cultura e da Lei Rouanet. Agradeceu ainda o patrocínio da empresas que aderiram ao projeto, o apoio recebido de entidades locais e de muitos voluntários, bem como o trabalho e dedicação de todos os envolvidos.

“Sem o apoio do Ministério da Cultura e a captação de recursos através da Lei Rouanet não teria sido possível realizar em Campo Mourão o maior Natal da história da cidade. Mais de 200 mil pessoas participaram da vasta e variada programação, onde o ponto alto foi a valorização do Natal com espetáculos, eventos e atividades de cunho cultural”, explicou Edilaine Castro.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário